sábado, 20 de agosto de 2011

Um MIX de sentimentos ( dor da perda, tristeza e muita saudade) assim foram meus dias

Hoje tomei coragem para estar aqui e escrever um pouquinho, depois de dias de muita tristeza, consegui força e coragem para encarar a realidade.
Acredito que muitas pessoas não sabem do que ocorreu em minha família, mas vou contar a vocês que não sabem, e para as amigas que me mandaram emails, mensagens de força e apoio, agradeço do fundo do meu coração, li essa semana os emails, me emocionei demais com as palavras das amigas, muito obrigada a todas, não quero citar nomes para não correr o risco de deixar alguém de fora.
Dia 03 de agosto minha avó faleceu, sentimos muito, mas nos conformamos, tendo em vista a idade avançada 95 anos e os problemas de saúde, então a minha vózinha descansou. Mas quando menos esperávamos, o destino nos pregou uma terrível peça, pois meu pai veio a falecer dia 08 de agosto ( cinco dia após minha avó, a mãe dele).
Não consigo nem descrever a imensa dor, pois meu pai tinha recentemente completado 62 anos, era saudável, forte e bonito, aparentemente não tinha nenhum problema de saúde grave.
E de repente infartou, minha mãe entrou em desespero, ambulância chegou em cinco minutos, foi 1 hora de tentativas para reanimá-lo ( tudo em vão).
Não vou nem descrever meu desespero ao receber a notícia, nem quero, pois isso só me tortura ainda mais.
Não está sendo fácil, mas sinto que estou melhorando, passo os dias bem, mas quando lembro ou recebo mensagem ou ainda vejo fotos, não consigo controlar a emoção, agora mesmo escrevendo tudo isso, é impossível controlar as lágrimas, mas eu tenho que ser forte, pois não quero ver minha mãe triste e preocupada comigo, nem meus filhos e meu marido, que sofreram em ver meu estado.
Esse dia dos pais eu tinha feito planos de passar com ele, mas  ao invés de comemorarmos seu dia, no dia dos pais eu estava na missa de sétimo dia dele.
A dor é enorme, mas Deus está me dando forças.
 Mais uma vez obrigada pelo apoio e pelas orações.
Aos poucos estou retomando minha rotina.


Minha mãe, eu e meu saudoso e amado PAI!
Ainda tínhamos tanta coisa para falar, tantas brincadeiras para fazer, muitas coisas para vivermos, mas você se foi... assim.... :(

Minha vó e meu pai.

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
                                                                      Martha Medeiros




14 comentários:

Anelise a Arteira disse...

Minha linda e amada Indinha, estou aqui, orando por vcs, e agradeço a Deus por estar te dando forças, por estar te carregando nos seus braços de amor, te amo...fik com Deus

Priscila disse...

Oi Indy, não sei nem o que te falar, Queria que palavras amezina se sua dor...
JA passei por isso e sei o quanto dificil é... Mais o tempo é sabio e fecha as feridas...
Enquanto isso força e fé, pois eles estão olhando por nós !
Beijos

♥Soniaconsult♥ disse...

Força Indy.
Como já te contei eu também perdi meu pai e na época sofri muito.
Mas a minha mãe precisava de mim.
Estamos aqui para te apoiar e de transmitir muito amor
Venha rezar conosco no blog da Rosélia
http://espiritual-idade.blogspot.com
bjos e um bom domingo

Vivian Vieira disse...

Força, querida! Que Deus te conforte.

Fique em paz.

Bjinhos.

Thiago Iosviaki disse...

Olá Prima
Estou aqui pra dizer o quanto estou triste por isso também, acho que até agora ainda parece que não acredito.
Sabe, sinto que não aproveitei os momentos enquanto ele estava entre nós, tinha muitas coisas que eu ainda queria fazer, por exemplo, ir assistir um jogo de futebol com ele no estádio...
Foi pra mim uma das maiores e mais tristes surpresas que já passei, mas tenho aprendido que devemos lidar com as perdas, pois são coisas que inevitavelmente acontecem, e precisamos estar preparados a tudo.
Mas, o que eu digo a você, é que você seja forte nesse momento, momento esse onde todos precisam estar unidos, em amor, confiando e tendo sempre sua fé em DEUS.
Que DEUS abençoe a vocês todos, e nunca deixem de nos visitar aqui em PG

Beijos e fica com DEUS
Thiago

Tays Rocha disse...

Indy minha amiga... eu te liguei e vc não estava, queria saber de vc, como estava e se precisava de algo, a Tere disse que veio, por que não me ligou? Poderíamos ter saído juntas ;o) Quando eu soube eu queria ter perguntado, se teu pai já estava doente, pq sabia que ele era jovem... fiquei muito triste por vocês e por toda a família, perdas assim dolorosas, difíceis de digerir e aceitar. Vou te escrever essa semana, vamos marcar o café? Passear, distrair a cabeça, se quiser falar, chorar, conversar, estamos aqui prá isso e vc sabe. Estou orando por vc, que Deus te dê forças, serenidade e principalmente aceitação e paz. Com o tempo a dor passa e ficam as boas lembranças e a saudade. Fiquem com Deus e bom domingo ♥ Saudades de vc ;o(

Bia Jubiart disse...

Oi Indy, sei um pouco da sua dor... Perdi o meu ano passado... Falo que perdi, mas na verdade ganhei, morávamos longe um do outro, antes dele falecer, passamos dez dias juntos. Hoje sinto ele bem mais perto de mim, é uma luz boa, parece que vive me cuidando...

São duas coisa vem p/ todos: O tempo e a morte. Morte da matéria, a nossa vida transcende e renasce, com certeza o seu pai transcendeu e viverá dentro de vc p/ sempre.

Um abraço carinhoso, força e coragem! Outras pessoas precisam de vc fortalecida!

Um bom domingo!

Beijooooooooooo

Luciana disse...

Indy, não sabia pelo que vc estava passando... minha querida, só posso te dizer que peço a Deus que te dê forças para superar a dor desse momento. Acredite que o tempo vai cuidar de fechar as feridas, deixando em vc as lembranças mais lindas do seu pai.

Força e fé!

Beijos,

Lu

Welize Archas disse...

Indy,

Sinta=se abraçada...também perdi minha mãe nessa situação e não a nada que nos conforme...apenas o tempo...
Uma grande abraço...

Dani disse...

Indy, força! Pense sempre nisso: Deus sabe o que faz e se isso aconteceu é porque seria melhor assim, eu sei que no início é dificil de entendermos, mas a vida continua.
Perdi meu pai há pouco tempo também, no começo foi bem complicado, mas foi esse pensamente que me fez ter forças para continuar e não sofrer tanto.
Beijos

Lola disse...

Indy, não sei se tu recebeste meu e-mail...mas aqui vai novamente palavras na tentativa de lhe confortar! Querida, Deus sabe o que faz! Seu paizinho está melhor ao lado dele! Pense assim e tenha esperança no dia em que sobrará apenas a felicidade de recordá-lo!
Bjs no seu coração e força sempre!

adri disse...

INDIA MINHA QUERIDA AMIGA, NÃO TENHO NEM PALAVRAS PARA DIZER A VC NESTE MOMENTO, MAS POR EXPERIENCI APROPRIA POSSO TEFALAR QUE A DOR UM DIA VAI PASSAR, MAS ASAUDADE É SEMPRE ETERNA, SE AMENIZA COM AS LEMBRANÇAS BOAS E FELIZES QUE GARDAMOS NO CORAÇÃO E SEI QUE VC AS TEM E MUITA SCOMO EU TBM TENHO DELES TODOS AMIGA FIQUE NA PAZ DO SENHOR ESTOU REZANDO POR TODOS VCS MANDE UM GRANDE ABRAÇO E BEIJO NO CORAÇÃO DE TODOS PRINCIPALMENTE NA MADRINHA QUE AMO TANTO!
PAZ E BEM!
ADRI E FAMILIA

http://esmaltesdafia.blogspot.com disse...

Indy força amiga sua mãe precisa de vc,estarei orando por toda a sua família,e oque precisa pode contar conosco,bjos
Ivanildes

Iram M. disse...

Indy, querida
Voltei pra te visitar e sentir aquela tua energia contagiante e encontro essa triste notícia.Oh, minha linda! Por que será que temos que passar por isso. Se a morte é a única certeza que temos, não entendo por que não ser com menos dor. É a única sacanagem da vida é a morte. Não aceito. Não adianta. Quando perco alguém e vejo que alguem perdeu alguem, pra mim é sempre revoltante.
Oh, amiga, queria tanto poder te abraçar, mas olha, olha nada. Chore,revolte-se, e guarde bem guardado os momentos eternos que passou ao lado desse homem lindo e cheio de amor.
Sinto muito, viu! De verdade!
Um beijo, querida.
Que Deus te ajude, dando o consolo.

Postar um comentário

Oba... que bom que você veio até aqui!!!!
Adoro ler comentários.
Beijokinhas