segunda-feira, 4 de julho de 2011

Quirera com lombo suíno cozida na panela elétrica

A origem da quirera de milho ou (canjiquinha) é atribuída aos tropeiros, da região do Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.
Um prato quente e gostoso que esquentava nas noites frias nos acampamentos dos tropeiros.
 Hoje em dia a quirera é reconhecida na gastronomia, em especial restaurantes típicos.
A receita geralmente é feita com a quirera de milho e suã, mas aqui em casa ninguém gosta do suã, pois ele quase não tem carne ( como diz meu marido é só osso) rsrsrs, então eu faço com lombinho de porco, e fica muito saboroso, e esquenta muito nesses dias frios que estão fazendo aqui no Sul.

Claro que fiz umas adaptações, ao começar pela substituição da carne,  a outra é que cozinha-se a quirera em panela comum no fogão mesmo, mas eu cozinhei  na panela elétrica de arroz, e posso dizer que ficou muito melhor, não fez sujeira,  não espirra por todo o fogão e fica super soltinha.

Para essa receita usei:

uma peça de 800 gramas de lombo

Cortei a carne em cubos, piquei uma cebola média e quatro dentes de alho

Coloquei na panela uma colher de azeite e fritei a carne a cebola e alho, acrescentei sal a gosto e  água quente aos poucos, até a carne estar macia e com um molho bonito
( essa panela é  feinha mesmo uso-a somenta para fritura, portanto nada de reparar, hehe)

Ela fica assim, com um molho que se forma da própria carne

Lave a quirera  ( 250 gramas) ( a quirera cresce bastante) e coloque na panela elétrica com bastante água, mais água do  que normalmente se usa para fazer arroz, coloque um tablete de caldo de carne, feche a panela e aguarde.
Aproveitei enquanto a quirera cozinhava e coloquei legumes para cozinhar no vapor.

Os legumes cozidos no vapor, mantém o sabor e a cor.


Quirera cozida é hora de acrescentar o lombinho com molho, e deixar por mais cinco minutinhos para pegar gosto.


Prontinho, parece comida de ave, rsrs, mas eu afirmo que fica delicioso, e esquenta muito.

Beijokas




5 comentários:

Coisas de Ceci disse...

Indy,
vi do blog da Fernanda e fiquei curiosa pelo nome do teu blog e eresolvi ver.
Adivinha o que comi no domingo?Aqui em Natal/Rn no "frio" de 23graus? Costelinha de porco com salada crua de cenoura,tomate,manjerição e abobrinha e na falta de quirela fiz uma polenta.Ficou uma delícia!
Vou pedir ao meu filho que esta no RS p trazer quirela.
Bj,Cecíla natal/RN

Iram M. disse...

Oi menina linda
Que prato apetitoso, amiga.
Que bom que deu pra te visitar logo hoje.
Indy, só pra dizer que estou por aqui e te visito sempre que dar. Posso até não comentar, mas penso em vc. Isso é o que basta, não? rsrsrs
Beijos

Lethy disse...

Ai mo Deuzooooo!!

Que delícia tia Indy!

Posso comer tudo?

lambjos

http://esmaltesdafia.blogspot.com disse...

Indy dever ser uma delicia mesmo,ja comi o pela égua que vai a quirela é bom demais,to tentada em comprar uma panela dessa pra mim é tão prática,bjos
Ivanildes

Tays Rocha disse...

Eu amo demais, minha mãe faz com costelinha de porco, defumada ou fresca e muitos galhinhos de manjerona, como de joelhos. Adoro uma comida caipira. Me deu água na boca, malvada... Beijocas ♥

Postar um comentário

Oba... que bom que você veio até aqui!!!!
Adoro ler comentários.
Beijokinhas